SingularityU: tecnologia, futuro, disrupção e as nossas vidas

A série documental Inspirando o Futuro – SingularityU Portugal, emitida pela RTP2, é uma viagem alucinante ao nosso futuro mais próximo

Inspirando o Futuro – SingularityU Portugal é uma série documental que aborda diferentes temáticas da atualidade, da neurociência à inteligência artificial. Ao longo de 13 episódios, vários pensadores debatem o futuro e a forma como as tecnologias irão transformar radicalmente as nossas vidas.

O programa de estreia debruçou-se sobre o papel da Singularity University no mundo e a visão dos seus parceiros e faculties. Os programas seguintes entram num formato mais temático, com entrevistas a especialistas mundiais, como Alex Gladstein, perito em governação, Esther Wojcicki, professora e jornalista, Ramez Naam, expert em energia, Robin Teigland, professor de Estratégia da Informação, Nathaniel Calhoun, empreendedor, ou Vivienne Ming, neurocientista, entre outros.

A série, produzida pela Panavídeo, resulta de uma parceria entre a RTP e a SingularityU Portugal.


SINGULARITYU EM PORTUGAL

Portugal é o quarto país parceiro da Singularity University (SU), juntando-se à crescente rede global de parceiros deste projeto, que conta já com a SingularityU Nordics, a SingularityU Netherlands e a SingularityU Canada. A SU colabora com líderes dos próprios países de forma a levar o seu programa e perspetivas a executivos, empresários, políticos e empreendedores locais.

Na génese da SingularityU esteve a convicção dos seus fundadores sobre o facto de os maiores desafios mundiais serem, simultaneamente, grandes oportunidades para moldar um novo mundo. Para desenvolver esse conceito, Diamandis e Kurzweil decidiram criar não uma universidade no sentido académico ‘tradicional’, mas sim um “think-tank” que fizesse florescer novas formas de pensar, para mudar paradigmas e fomentar novas experiências de aprendizagem num ecossistema global e interconectado.

A Galp é um dos membros fundadores da Singularity University Portugal e alia-se a este formato para criar novos programas educativos focados nas tecnologias e nos setores com maior impacto no setor energético e do país. É uma parceria que visa promover e inspirar a inovação portuguesa, fomentando o cruzamento entre boas ideias e as tecnologias emergentes à escala global.