Transição energética, uma necessidade para o futuro

O destino está traçado e as soluções encontradas são várias, mas nem tudo está feito. Será preciso investir ainda mais em tecnologia para melhorar o aproveitamento das fontes renováveis e as condições de armazenamento da energia para o setor evoluir mais rapidamente em direção a uma oferta de baixo nível de emissões de carbono

A digitalização do comércio tradicional é essencial?

A pandemia mostrou que uma economia de risco, em que a proximidade que liga o comércio tradicional aos seus clientes fica limitada, o formato digital poderá ajudar a sustentar o negócio. Mas dificilmente substituirá o lado humano onde o fator emocional é essencial ao ato de compra

Atrair investimento para apoiar a ação climática

Este é um dos objetivos da criação do Índice Euronext ESG Large 80. A Galp é uma das duas empresas nacionais a integrar uma lista de cotadas com maior impacto na transição energética e melhor desempenho em indicadores ambientais, de impacto social e de práticas de governo societário

“Gás natural será estratégico na transição energética”

A importância do gás natural durante os próximos anos já foi reconhecida pela Agência Internacional de Energia, que lhe aponta um crescimento de 30% até 2040. Na Galp, o tema está no topo das prioridades, como assumiu Inês Santos, diretora de Estratégia, durante o Green Gas Mobility Online Event

O ‘formato’ como combustível

Estudo realizado por investigadoras da Universidade Nova, em Portugal, descobre todos os passos de remoção do CO2 do ar realizado por proteína de bactérias, para formar um produto com potencial para ser usado como combustível

A energia da fotossíntese

Uma equipa de investigadores da Universidade de Cambridge criou um dispositivo que recorre à luz solar, dióxido de carbono e água para produzir um combustível mais amigo do ambiente

Matriz para o trabalho do futuro

Flexibilidade, produtividade, liderança e requalificação são requisitos para empresas e colaboradores se adaptarem aos novos tempos. Os resultados de um estudo da Adecco fornecem algumas pistas